skip to Main Content
Abrir Um Factoring é De Fato Um Bom Negócio?

Abrir um factoring é de fato um bom negócio?

Saiba se abrir um factoring é realmente um bom negócio

Entenda alguns cenários relacionados aos factorings para identificar se é uma boa oportunidade para iniciar o seu negócio

O factoring, também conhecido como desenvolvimento de negócios, tornou-se uma opção para muitos empreendedores.

De fato, as pequenas e médias empresas podem utilizar esse mecanismo para prever o recebimento do crédito parcelado.

Assim, o factoring ajuda a fortalecer o caixa e garantir os recursos necessários para negociações importantes com fornecedores e até mesmo investimentos em infraestrutura, mão de obra e tecnologia.

Ou seja, o factoring tem como principal objetivo aconselhar e apoiar a gestão empresarial dos pequenos e médios empresários, agregar a prestação de serviços e a aquisição de ativos financeiros.

Geralmente, concentra-se mais no fiduciário, que administra as contas a pagar e a receber de seus clientes, de modo que o empresário pode abrir mão da microgestão e passar a se dedicar integralmente ao seu core business.

Continue conosco e entenda se abrir um factoring pode ser considerado um negócio ideal!

Abrir um factoring é realmente um bom negócio?

Considerando a situação nacional, não é difícil ver que abrir um factoring é uma boa oportunidade de negócio.

Por meio do factoring, as empresas encontram uma alternativa segura, livre da burocracia imposta pelos bancos.

Vale lembrar que, no Brasil, ainda é bastante difícil obter crédito como pessoa jurídica, seja em resposta a imprevistos ou para investimento em expansão.

E, diante de emergências e crises, os empresários podem optar por esse tipo de contrato, evitando assim os empréstimos informais, que muitas vezes carregam juros abusivos que afetam diretamente o nível de endividamento dessas empresas.

O factoring, por outro lado, é um mecanismo legal com regras claras e supervisão por reguladores governamentais.

No entanto, é preciso entender que as empresas de factoring não são instituições financeiras e suas atividades estão limitadas à prestação de serviços e à compra de crédito (antecipação de recebíveis).

Qual o lucro que um factoring obtém?

Antes de abrir um factoring, é importante entender que a principal fonte de renda é a obtenção de crédito, que é o resultado das vendas dos clientes.

Essa receita é gerada pela diferença entre o valor expresso pela linha de crédito obtida e o valor efetivamente pago na data da transação e, portanto, representa o lucro bruto do período.

Ao mesmo tempo, a contratação de serviços também contribui para a receita total.

Por isso, é importante contar com uma equipe verdadeiramente qualificada e sistemas integrados para prestar serviços eficientes e customizados de acordo com as necessidades de cada empresa.

Veja também alguns materiais relacionados ao assunto!

Quais as modalidades de factorings existentes?

Além de todas as questões apresentadas no tópico anterior, é fundamental compreender que existem diversos modelos de factorings em nosso país.

O modelo convencional é o mais comum.

No entanto, as modalidades maturity, trustee, exportação e de matéria-prima são outras opções.

Confira abaixo a definição de cada uma delas:

  • Convencional: trata-se da compra de créditos de empresas fomentadas, por meio de um contrato formal relacionado à fomentação mercantil.
  • Maturity: o factoring passa a ser a administradora das contas a serem recebidas, bem como os cuidados sobre as cobranças.
  • Trustee: prestação de assessoria administrativa e financeira aos clientes, além de todo o cenário de cobrança e compra de eventuais títulos.
  • Exportação: há necessidade de intermediação de dois factorings — um de cada país envolvidos na operação — a fim de garantir que toda execução e conclusão seja lograda com êxito.
  • Factoring de matéria-prima: nesse caso, especificamente, o factoring age como intermediário entre a empresa que está sendo fomentada e o fornecedor da matéria-prima — também ocorre pagamento à vista com relação aos insumos adquiridos.

Como a Tributus pode ajudar na sua decisão de abrir um factoring?

Nós, da Tributus, contamos com um time de profissionais altamente capacitados e prontos para auxiliar no que for preciso em sua rotina de trabalho.

Dessa forma, buscamos entender as suas reais necessidades e identificar as melhores estratégias ou soluções para que evite maiores imprevistos no dia a dia.

Nossos serviços de contabilidade para factoring têm como objetivo orientar adequadamente sobre as ações a serem tomadas, assim como se o que você, no papel de empreendedor, deseja para o seu negócio é a melhor opção.

Portanto, a fim de ter todas as dúvidas sobre se abrir um factoring é de fato um bom negócio, conte conosco!

Clique aqui para conversar com nossa equipe!

5/5 - (1 vote)
Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Tributus?

Somos uma Empresa Contábil em São Paulo, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @grupotributus

Sucesso e até logo.

Assine nossa Newsletter

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da Tributus Contabilidade.

Somos uma equipe de profissionais preparados, capacitados, especializados e completamente dispostos a entregar o melhor para você! Somos especialistas em prestar serviços contábeis voltados à(ao/s): 

  • Gestão tributária;
  • Departamento pessoal;
  • Contratos societários.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website, caso você prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior esquerdo.

Até breve!

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Summary
Abrir um factoring é de fato um bom negócio?
Article Name
Abrir um factoring é de fato um bom negócio?
Description
Saiba se abrir um factoring é realmente um bom negócio. Leia o artigo para identificar se é uma boa oportunidade para o seu empreendimento.
Author
Publisher Name
Tributus
Publisher Logo
This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top
Recomendado só para você
Conheça qual a diferença entre tributação de factoring e securitizadora…
Cresta Posts Box by CP