CAPITAL DE GIRO PARA COMERCIO DE VESTUARIO ENTENDA O QUE E E PARA QUE SERVE – POST Min

Capital de Giro para Comércio de Vestuário – Aprenda o que é e para que serve

Está montando a sua empresa, mas ainda não sabe como aproveitar o seu capital de giro para comércio de vestuário? Entenda mais sobre o assunto, agora mesmo!

Afinal de contas, o que é o capital de giro para o comércio de vestuário?

Para que ele serve e como obtê-lo?

Boas perguntas, concorda?

Então, se você é do ramo de vestuário ou se possui uma loja de roupas, fique bem atento a essas informações que estimularão seus negócios a ir além!

Vamos lá?

Definição do que é capital de giro

O capital de giro é o mesmo que o montante financeiro que serve para manter o negócio em funcionamento, gerando assim, por meio dele:

  • o pagamento de mercadorias,
  • o pagamento de funcionários,
  • o pagamento de aluguéis,
  • campanhas de marketing,
  • Dentre outros.

Se trata do capital que toda empresa precisa ter para equilibrar e amparar as necessidades do negócio de forma contínua. Ou seja, dando amparo para que a empresa ou loja funcione!

É através dele que o empresário do comércio de vestuário tem melhores condições de manter o seu operacional funcionando, até que a receita surja.

Já a falta de capital de giro faz com que a empresa fique em apuros, em tempos de adaptação ou de dificuldades. Por isso ele é de grande importância e tem sido considerado, até mesmo, como um capital emergencial.

O Capital de Giro para Comércio de Vestuário pode fazer pelo comércio de vestuário?

O capital de giro, muitas vezes, é considerado como o capital que se consegue por meio de agências bancárias, onde o banco faz a concessão de crédito.

A grande verdade é que esse tipo de capital serve apenas para situações emergenciais, no entanto, há modos de conseguir capital de giro próprio e esse é o melhor, já que a economia e segurança com ele se tornam bem maiores.

Seguindo essa sequência de informações, explicaremos agora o que o capital de giro pode fazer por você e seu comércio. Vamos lá?

  1. Sendo capital de giro próprio, você não terá que pagar juros para banco.
  2. Com capital de giro é possível manter os empregados mais motivados e produtivos, já que quando se há atrasos na folha de pagamento, consequentemente, isso resulta em baixas nesses sentidos. E por isso, esse capital de emergência também serve de grande auxílio.
  3. A facilidade de negociação com fornecedores é outro ponto, sendo que uma vez que se use capital de giro, é possível ganhar descontos e ter um atendimento mais privilegiado quanto as entregas, já que você pode pagar à vista, também pode pagar nos prazos acordados.

Ou seja, nada melhor do que ser o tempo todo auxiliado por uma contabilidade que possa te amparar em todos esses quesitos, e nos mais que envolvem as questões legais, tributárias e financeiras do seu negócio.

Por isso, sem perder mais tempo, está na hora de começar a economizar e ter mais lucro, certo?

Entre em contato e iremos te ajudar a ter um Capital de Giro para Comércio de Vestuário efetivo!

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Tributus?

Somos uma Empresa Contábil em São Paulo, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @grupotributus

Sucesso e até logo.

Assine nossa Newsletter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *