Factoring

O que é Factoring e como utilizar nos seus negócios?

Uma boa parte das empresas faz uso de serviços de factoring para gerenciar seus fiscos financeiros e seus créditos, em busca de evitar os prejuízos que possam ser provocados pelos clientes inadimplentes.

O factoring pode ser um bom negócio para ambos os lados, atendendo tanto clientes, quanto empresas fornecedoras de serviços ou produtos. É o segmento responsável pela administração de créditos gerados por vendas a prazo. Como os créditos podem se tornar arriscadas para as próprias empresas, as sociedades de fomento comercial acabam arcando com esse risco.

Para entender melhor como funciona uma factoring, é preciso esclarecer que as operações por uma empresa de fomento comercial não são consideradas como empréstimo, mas sim como operação de compra e venda de direitos de crédito.

O que acontece nas operações é a transferência de risco. Assim, uma empresa de factoring pode ser um bom negócio, desde que sejam observadas as condições financeiras de suas empresas clientes.

Modalidades de factoring que podem ser praticadas

As operações de factoring podem ser feitas por empresas de qualquer porte. Entre as modalidades oferecidas por esse tipo de operação, podemos destacar as seguintes:

  • Factoring convencional

A operação mais comum de factoring é a convencional, quando a empresa compra direitos de créditos ou ativos decorrentes de vendas a prazo, estabelecendo um contrato mercantil. O acordo é oficializado através da documentação que comprova a existência de valores de transações comerciais entre o comprador e o vendedor.

  • Factoring maturity

A operação de factoring denominada maturity é quase idêntica à tradicional, mudando apenas a administração de contas a receber, que é feita pela empresa responsável pelo crédito, eliminando a etapa de cobrança.

  • Factoring truste

Nas operações de factoring conhecidas como truste, além da compra e venda de títulos, existe também uma assessoria administrativa e financeira, compreendendo análise de crédito e de risco, contas a receber e a pagar e serviços financeiros diversos.

  • Factoring de exportação

As atividades da empresa de factoring podem envolver exportações e outras operações e outras, garantindo as transações e liquidação de créditos de empresas localizadas em países diferentes, o que exige parceria com empresas internacionais.

  • Factoring de matéria-prima

No factoring de matéria-prima, a empresa funciona como uma intermediária entre o fornecedor e o fomentado. Nesse tipo de operação, o que ocorre é a compra à vista de um direito que é futuro do fornecedor. A empresa fomentada paga o factoring com o próprio faturamento gerado pela transformação da matéria-prima.

Em qualquer tipo de empresa de factoring, é de suma importância a análise de riscos das empresas clientes. Para que a empresa de factoring se torne um bom negócio, é preciso estabelecer um planejamento estratégico.

A importância das operações de factoring no mundo empresarial

A empresa de factoring se mostra como um bom negócio, uma vez que ajuda a evitar o endividamento futuro de qualquer empresa. Sua atividade é voltada para a antecipação da receita até que a empresa receba seus direitos. Ou seja, é uma forma da companhia receber à vista suas vendas a prazo.

Uma das principais vantagens é que, mesmo que a empresa cliente tenha problemas com cadastro de negativados, pode realizar operações de factoring, uma vez que, para a empresa responsável, o importante é a qualidade do crédito recebível.

Contudo, para que o factoring seja realmente um bom negócio, é necessário manter um rígido controle de custos, evitando que a operação se torne maior do que o previsto. É preciso considerar ainda que o factoring pode ser um tipo de atividade sazonal, já que na economia, quanto maior for o risco de crédito, maior se torna o custo de sua operação.

Para começar a utilizar o factoring, é necessário um aporte de capital, de acordo com as operações da empresa, conhecendo as taxas de desconto praticadas e permitindo que a empresa tenha a lucratividade necessária para manter sua sustentabilidade.

O factoring pode ser um bom negócio, desde que a empresa tenha uma carteira de clientes suficiente para se manter, além de exigir um grande conhecimento de análise de crédito, já que se tornará responsável pela cobrança.

Seja diferente, inove, evolua, escreva-se em nossa newsletter !


Se você pretende montar uma empresa de factoring, procure conversar com um contador especializado, que poderá lhe fornecer todas as informações necessárias para começar o seu empreendimento sem correr grandes riscos.

A Tributus é especialista em contabilidade para empresas. Confira alguns dos serviços que podemos realizar para você.

Não deixe de falar conosco, caso haja alguma dúvida.

Até logo!

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Tributus?

Somos uma Empresa Contábil em São Paulo, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @grupotributus

Sucesso e até logo.

Assine nossa Newsletter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat