Securitizar Recebiveis Sera Que Vale A Pena – Contabilidade Na Vila Mariana – SP | Tributus Contabilidade

Securitizar recebíveis – será que vale a pena?

“Securitizar” é o nome que se dá para a comercialização de ativos financeiros, enquanto a esses – os ativos financeiros – são partes do lucro que uma pessoa ou, como é mais comum, uma empresa possui. Securitizar recebíveis é, geralmente, uma forma de pagar dívidas pré-adquiridas. Uma instituição paga as dívidas adquiridas por outras e, por isso, passa a receber juros e partes dos lucros. 

A securitização de recebíveis ainda é passível de ser comercializada. Alguém que possui um ativo pode vendê-lo para outra pessoa por um preço e esta pessoa é quem passará a receber os lucros. 

Uma empresa geralmente procura securitizar recebíveis para aumentar o seu caixa, seja para pagar dívidas, seja para investir em algo, o que for. Mas será que vale a pena securitizar recebíveis?

O que levar em conta

Ao pensar em securitizar recebíveis, uma pessoa ou uma empresa tem de ter em mente que esse é um processo delicado. Após fazer essa atividade, parte do lucro e da renda da empresa será descontada por um período de tempo. Todos os meses (ou anos, dependendo do tipo de contrato) a empresa terá de tirar parte daquilo que ganha para pagar as pessoas que adquiriram os ativos.

Essa taxa deve ser levada em conta na hora de pensar a securitização de recebíveis. Como ela impactará a contabilidade da empresa? Afetará a folha de pagamento e o acerto de outros compromissos? 

Securitizar recebíveis é, muitas vezes, uma aposta. A empresa faz isso para conseguir investir mais no seu crescimento – que pode vir ou não. Se o processo será feito para aumentar a empresa, é necessário um extenso estudo de caso para evitar que o passo seja dado no escuro. 

Já para renegociar dívidas, o processo de securitizar recebíveis pode ser interessante. Este processo geralmente tem juros menores do que os cobrados por bancos. Então, uma empresa pode vender seus ativos e pagar as suas dívidas. Mas antes, é claro, também deve estudar o processo.  

Estudar a securitização deve ser feito em cima de toda a contabilidade do negócio. Levar em conta o caixa atual, os lucros, os gastos, o mercado, e, para além do presente, deve-se estudar as perspectivas futuras. Isso não é tarefa fácil. 

Confira Nossos Serviços - Contabilidade na Vila Mariana - SP | Tributus Contabilidade

O que é aceito na securitização 

Para além dos lucros, outros ativos são aceitos como “lastro” ao securitizar recebíveis, como:

  • Notas promissórias
  • Duplicatas
  • Dívidas de terceiros
  • Leasings

Qualquer tipo de lucro fixo, então, pode ser comercializado, mas, para isso, é necessário um comprador interessado O processo de venda do ativo também depende do interesse de quem compra. O normal, nesses casos, é que exista além do vendedor e do comprador (investidor), um distribuidor. É  o distribuidor que fica responsável por achar interessados no ativo. Este, obviamente, ganha a sua parte. 

A securitização é um processo que já é muito famoso nos Estados Unidos e que vem ganhando corpo no Brasil. É interessante, mas, como qualquer outro processo financeiro, requer cautela.

Se você está cogitando securitizar recebíveis, nós podemos ajudar na consultoria e a diminuir os riscos. Procure-nos!

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Tributus?

Somos uma Empresa Contábil em São Paulo, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @grupotributus

Sucesso e até logo.

Assine nossa Newsletter

Summary
Securitizar recebíveis - será que vale a pena?
Article Name
Securitizar recebíveis - será que vale a pena?
Description
"Securitizar" é o nome que se dá para a comercialização de ativos financeiros, enquanto a esses - os ativos financeiros - são partes do lucro que uma pessoa ou, como é mais comum, uma empresa possui. Securitizar recebíveis é, geralmente, uma forma de pagar dívidas pré-adquiridas. Uma instituição paga as dívidas adquiridas por outras e, por isso, passa a receber juros e p
Author
Publisher Name
Tributus Contabilidade
Publisher Logo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat