skip to Main Content
Como é O Planejamento Tributário Em Empresas De Factoring?

Como é o planejamento tributário em empresas de factoring?

Uma empresa de factoring é uma organização que trabalha oferecendo serviços e comprando ativos financeiros. Esse tipo de empresa busca fomentar negócios e, obviamente, lucrar com esses investimentos. A empresa de factoring investe agora para, no futuro, colher os frutos desse investimento. E, sobre esses lucros, acabam por incidir impostos. 

Como, então, fazer o planejamento tributário de uma empresa de factoring?

Por lei, são impostos que recaem sobre um planejamento tributário em empresas de factoring:

  • IRPJ (Imposto de Renda de Pessoa Jurídica);
  • PIS (Programa de Integração Social) / COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social);
  • IOF (Imposto sobre Operações Financeiras);
  • ISS (Imposto sobre Serviços).

Uma lei de 1998 passou a obrigar empresas de factoring a agirem como PJ. Por causa dessa lei, estas não podem atuar como MEI. Isso porque um microempreendedor individual, apesar de ser uma pessoa jurídica, paga o imposto de renda como uma pessoa física (o IRPF não é disponível para quem trabalha com factoring). 

Além disso, essa mesma lei obriga que o planejamento tributário em empresas de factoring seja feito através do Lucro Real. Ou seja, o fisco se baseia no lucro total da empresa durante o ano. 

O lucro presumido não se encaixa para as empresas de factoring porque essas lucram de acordo com o lucro das empresas as quais elas financiam – pode parecer estranho, mas é isso mesmo… e o mercado é volátil demais para isso. São muitas variáveis.

Uma empresa de factoring também tem que se atentar ao IOF (imposto sobre operações financeiras), que ela, quando receber as parcelas do pagamento, deve reter para, mais tarde, repassar ao governo. 

Contabilidade Para Factoring - Contabilidade na Vila Mariana - SP | Tributus ContabilidadePowered by Rock Convert

Confira Nossas Especialidades

Como se planejar para pagar os impostos?

Uma empresa de factoring acaba por ter um problema quanto a sua perspectiva de lucro e, decorrentemente, de planejamento de pagamentos. Então, como fazer o planejamento tributário em empresas de factoring se nunca se sabe o quanto será lucrado?

O lado bom é que os impostos de uma empresa de factoring são sempre sobre o lucro real. A empresa pagará taxas constantes ao fisco e as alíquotas tendem a ser progressivas. Uma empresa só pagará mais se tiver maior lucro. 

Mas e se houver um ano ruim? E se o lucro não for suficiente? 

Bem, o planejamento tributário deve ser priorizado em empresas de factoring – não só nessas como em qualquer outra – o que é devido ao fisco deve permear entre os custos prioritários. Aqueles que não podem ser deixados de lado.

São exemplos de outros custos que não devem ser negligenciados coisas como o aluguel e contas de água, luz e manutenção básica. Custos como investimentos e despesas com pessoal são coisas que podem ser repensadas. Se o ano for ruim, demitir pessoas e deixar de gastar é algo que pode ser pensado.

Para além do planejamento tributário em empresas de factoring

A empresa de factoring – como qualquer outra – deverá documentar todos seus gastos e seus lucros. É algo intrínseco à contabilidade e que é extremamente necessário para ter um bom planejamento contábil e não apenas um bom planejamento tributário em empresas de factoring. 

Se você tem uma empresa de factoring e precisa de ajuda para fazer seu planejamento tributário e contábil, não deixe de nos procurar! Nós temos a experiência que você precisa!

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Tributus?

Somos uma Empresa Contábil em São Paulo, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @grupotributus

Sucesso e até logo.

Assine nossa Newsletter

Summary
Como é o planejamento tributário em empresas de factoring?
Article Name
Como é o planejamento tributário em empresas de factoring?
Description
Uma empresa de factoring é uma organização que trabalha oferecendo serviços e comprando ativos financeiros. Esse tipo de empresa busca fomentar negócios e, obviamente, lucrar com esses investimentos. A empresa de factoring investe agora para, no futuro, colher os frutos desse investimento. E, sobre esses lucros, acabam por incidir impostos. 
Author
Publisher Name
Tributus Contabilidade
Publisher Logo
This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top