skip to Main Content
Pensando Em Abrir Uma Factoring? Evite Estes 4 Erros E Maximize Seus Ganhos!

Pensando em abrir uma factoring? Evite estes 4 erros e maximize seus ganhos!

Assim como acontece com qualquer negócio, é necessário possuir conhecimentos bastante específicos na hora de abrir uma factoring.

Existem alguns erros comuns que, se cometidos, podem acarretar resultados negativos para a empresa, resultando em problemas graves que, caso não sejam contidos a tempo, trazem a possibilidade do negócio fechar as portas prematuramente.

Existem conceitos administrativos que devem ser respeitados, por exemplo. Entretanto, os erros mais comuns relacionados à abertura de uma factoring estão na falta de compreensão do mercado e das funções básicas de uma factoring.

QUE ERROS EU DEVO EVITAR AO ABRIR UMA FACTORING?

Para abrir uma factoring e garantir o seu sucesso, é preciso investir na prevenção e solução de problemas.

Claro, imprevistos podem e vão ocorrer. Mas isso não significa que você, como empreendedor, não possa trabalhar para minimizá-los. A redução e solução de problemas deve ser parte fundamental do planejamento de qualquer empresa, seja qual for o seu segmento.

E que tipos de problemas costumam aparecer quando alguém decide abrir uma factoring?

  • O primeiro deles é: não ter total certeza do que é uma factoring

De fato, o negócio de factoring traz grandes possibilidades de lucro para o empresário. O negócio vem crescendo bastante, principalmente no atual período de crise em que vivemos.

A linha entre uma factoring e um agiota é bastante tênue. É comum que as pessoas confundam os dois e evitem esse tipo de empresa, com medo das consequências, normalmente drásticas, de se “fazer negócio” com agiotas.

É importante destacar que uma factoring não é, de forma alguma, similar a um agiota. Esse tipo de empresa surge pela necessidade do mercado de apresentar maiores e melhores opções de crédito, já que, no Brasil, os juros para operações bancárias são altíssimos.

Abrir uma factoring significa criar uma empresa para atender outras empresas que, geralmente, precisam de dinheiro imediatamente, já que vendem a prazo e não podem esperar o vencimento de suas duplicatas.

A factoring é responsável pela compra de títulos financeiros e cheque, adiantando para a empresa os valores que ela tem a receber.

Por isso, os serviços de uma factoring são SEMPRE direcionados para pessoas jurídicas!

  • O segundo erro: abrir uma factoring porque é um negócio lucrativo.

De fato, o negócio de factoring traz grandes possibilidades de lucro para o empresário. O negócio vem crescendo bastante, principalmente no atual período de crise em que vivemos.

Contabilidade Para Factoring - Contabilidade na Vila Mariana - SP | Tributus ContabilidadePowered by Rock Convert

Mas, investir por visar uma alta lucratividade sem compreender os fundamentos do mercado e da legislação serve como um tiro no pé. É preciso investigar as reais necessidades dos clientes que buscam por esse tipo de serviço, o que está sendo oferecido a eles (por parte da concorrência) e qual a melhor forma de oferecer seus serviços.

Essas táticas já apontam, em partes, que podem existir problemas relacionados a cada um desses pontos, em outras empresas que oferecem serviços similares.

Por isso, é essencial observar a concorrência antes de abrir uma factoring!

  • O terceiro erro: fazer tudo por conta própria, o tempo todo

Para um empresário “de primeira viagem”, realizar todas as tarefas do escritório pode parecer a opção ideal. Na realidade, não é.

Apesar de parecer a opção mais econômica, em algum momento, cuidar de todas as atividades sozinho irá afetar o desempenho de todas as tarefas. E isso impactará nos resultados numéricos, ou seja, no lucro final.

É imprescindível delegar as tarefas certas para as pessoas corretas! Dessa forma, o gestor pode cuidar da rotina da sua factoring, garantindo que os serviços sejam entregues para o cliente da melhor maneira possível.

Com isso em mente, é possível entender que adquirir serviços de contabilidade para factoring, por exemplo, se faz essencial.

Somente um profissional contábil altamente qualificado, e especializado nos serviços fornecidos por você, poderá contribuir de forma significativa para as contas da sua empresa.

Abrir uma factoring com o auxílio de um contador significa garantir economia com impostos, um planejamento tributário e financeiro eficiente, e a certeza de a sua empresa estar enquadrada no regime tributário que mais se adequa à sua realidade e, por fim, também garante a estabilidade financeira do negócio, permitindo que as finanças se mantenham equilibradas pelos anos que virão.

  • O quarto: pensar que o negócio é barato

Estamos falando de um negócio que compra títulos de créditos ou de direitos de uma empresa, cobrando valores ajustados em contrato, recebendo sua remuneração da diferença entre o valor da compra e do recebimento.

Seja diferente, inove, evolua, escreva-se em nossa newsletter !

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Em resumo, ao abrir uma factoring, o empresário está trabalhando com a prestação de serviços de compra de créditos, operando com recursos próprios e não oferecendo riscos à empresa contratada, tornando-se responsável pela cobrança de seus clientes.

Isso significa que o empresário precisará de uma quantia razoável de dinheiro para abrir uma factoring.

Em caso de dúvidas, não deixe de contatar a Tributus. Será um prazer conversar com você e ajudá-lo.

Aproveite e confira dicas para abrir uma factoring;

Sucesso e até a próxima!

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Tributus?

Somos uma Empresa Contábil em São Paulo, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @grupotributus

Sucesso e até logo.

Assine nossa Newsletter

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top